Home / Verbetes / CDN (Content Delivery Network)

CDN (Content Delivery Network)

CDN  é uma rede de distribuição de conteúdo, uma espécie de intermediário entre o visitante e o provedor de hospedagem. Atuando como um proxy reverso, repassa o tráfego de rede recebido para um conjunto de servidores. O que faz, basicamente, é o cache dos arquivos estáticos de um site (imagens, CSS, JavaScript) e a entrega desses arquivos através de uma rede de servidores espalhados pelo mundo.

Quando não se utiliza este serviço, toda vez que alguém visita um site, é feita uma requisição ao servidor para a exibição desses arquivos. Quando o usuário está alocado a uma grande distância, o tempo de carregamento será maior – o que acarretará em uma pior experiência. Com o uso deste serviço, reduz-se a carga em seu servidor principal primário e aumenta-se a velocidade de carregamento de suas páginas, enviando-as a seus visitantes a partir do proxy mais próximo a eles.

Se um site está hospedado no Brasil e alguém o acessa da França, por exemplo, a requisição para o carregamento de conteúdo estático será feita em um servidor mais próximo ao usuário, no caso, em Paris (e não em São Paulo).  Veja a figura abaixo:

Funcionamento do CDN

O objetivo principal de uma CDN é garantir alta disponibilidade e desempenho de sites. Entregando  as informações em tempo ágil – não somente textos, imagens e scripts, mas também arquivos para download, aplicações e streamings. Além do armazenamento de conteúdos em cache e distribuição a partir do servidor mais próximo ao usuário, CDNs são responsáveis pelo balanceamento da carga do servidor, utilizando switches de conteúdo. Ampliando assim a capacidade do site e proporcionando  mais confiabilidade. Por manter a carga distribuída em uma rede de servidores, mesmo que um deles falhe, a estabilidade da página é garantida.

Para o usuário, o uso de CDN é totalmente transparente – a não ser que a URL entregue a ele não seja a que foi solicitada. Para quem implementa essa tecnologia, os ganhos são diversos:

  • Redução da perda de pacotes e largura da banda;
  • Diminuição de latência, time-out e jitter;
  • Espelhamento e proteção de arquivos;
  • Otimização da entrega de conteúdos ao vivo;
  • Melhoria da experiência do usuário;
  • Aumento da disponibilidade global;

A tecnologia CDN não é nova, principalmente para grandes sites. Existem já empresas que fornecem este serviço para site comuns e de baixo orçamento. Por exemplo a CloudFlare que conta inclusive com planos gratis (free).

Se gostou curta e siga

Sobre marcelo

Veja também

Vivemos na era da informação

Vivemos na ERA DA INFORMAÇÃO isto é um fato, mas permitam que humildemente discorde de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial