Home / Filmes / O inicio da informática a batalha pelo melhor PC

O inicio da informática a batalha pelo melhor PC

fundadores da COMPAQ
Bill Murto, Jim Harris e Rod Canion fundadores da COMPAQ

A competição é mostra o melhor e o pior de nós humanos. Esta semana assisti a um documentário interessante  no Netflix, é “SILICON COWBOYS”. Ele é baseado no livro “How Compaq Ended IBM’s PC Domination and Helped Invent Modern Computing” de Rod Canion. O livro e o documentário descrevem o nascimento do primeiro rival de peso da IBM na fabricação de PCs nos anos 80 do seculo XX.

A COMPAQ, fundada por três texanos em Houston daí os COWBOYS. Com entrevistas mostrando a criação da empresa seus fundadores Bill Murto, Jim Harris e Rod Canion (três na foto acima da esquerda para a direita) desejavam que ela fosse diferente. Entraram no mercado que era dominado pela IBM, com uma ideia simples, portabilidade.

Sim leitores, alguém começou com este negócio de portabilidade e não foi o Steve Jobs.  E para ser justo eles também não inventaram. Trouxeram para o mundo dos PC algo que já acontecia em outras plataformas. A ideia deles era que o PC estava invadindo as empresas pelo mundo. E uma das consequências é que os trabalhos no PC deveriam poder ser terminados em casa, ou em hotéis pelo mundo.

Então nasce a COMPAQ (de compacto) um PC que poderia ser transportado. Tinha um formato de maleta (tudo bem que era uma maleta de quase 5 Kg) com monitor e teclado embutidos. Mesmo antes do seu lançamento o documentário revela as preocupações com processos judicais. Os responsáveis por programar a BIOS do computador não puderam nem ver o manual do IBM PC, para que em juízo poderem alegar que não foram influenciados em nada pelo IBM PC original.

Com o sucesso da COMPAQ, também aparecem entrevistas com personagens da IBM com as reações provocadas pelo sucesso, ou seja, o contra ataque da IBM. Mas existe um ponto que abordado, que na minha opinião de maneira mas leve do que deveria. O ponto de virada, quando a IBM tenta convencer a Intel sobre ter exclusividade sobre o processador 386. É aí que se configura o fim do domínio da IBM sobre sua criação o PC. Com uma visão de que o melhor para ela Intel era que o processador fosse ao mercado. Ela nega a exclusividade e costura uma união entre os fabricantes de clones (como a IBM gostava de chamar os concorrentes que fabricavam PC) liderada pela COMPAQ.

Em função disto lançado o COMPAQ DESKPRO 386, que durante alguns meses foi o PC mais rápido do mundo. E o ganho de escala para a COMPAQ é enorme. O documentário é uma peça de enorme relevância para entendermos como chegamos nos dias de hoje. E para não dizer que só critiquei os Jobistas, a COMPAQ também inaugura o método despojado de trabalho que alguns pensavam ser invenção do Google. O documentário tem 76 minutos que sinceramente passam muito rápido, recomendo a todos.

Se gostou curta e siga

Sobre marcelo

Veja também

Nossa consciência é um software ?

Uma nova série do Netflix “Travelers” (Viajantes) criada por Brad Wright, têm um forte apelo …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial