Home / Filmes / O quinto PODER

O quinto PODER

Tive o cuidado de assistir duas vezes e refletir antes de escrever este POST. Não queria de forma alguma escrever com o fígado. Nunca foi o objetivo, apesar de reconhecer em alguns casos não tive sucesso. O filme retrata uma parte da história do WIKILEAKS, e dois dos seus principais colaboradores.

Primeiro obvio o criador JULIAN ASSANGE, interpretado pelo ótimo Benedict Cumbertbatch (Star Trek – Além da Escuridão, Sherlock Holmes, etc) e o surpreendente Daniel Brühl (Bastardos Inglórios e Rush no limite da emoção) como seu primeiro e principal colaborador. Uma excelente produção e um ritmo bem dosado garantem uma acompanhamento de fatos durante os últimos anos. Alguns que você acompanhou e outros que talvez não tenha acompanhado, em uma cruzada pelo transparência das informações.

O lema poderia ser sintetizado em ‘Informações para as massas’, talvez com um viés ao qual não tenho muita simpatia. O personagem central, brilhantemente interpretado, tenta nos convencer de sua condição messiânica, mas em vários momentos fica premente sua fanfarronice. Não que a luta em si não seja importante. Afinal de contas, se nós sociedade temos os governos para nos servir até que ponto eles podem esconder algo de nós. Acredito que este seja no fundo a discussão.

Se como dizem os governos são eleitos para servir a nós sociedade. Teriam eles (governo) nossos empregados direito de nos esconder o que quer que fosse. Acredito firmemente que não ! O personagem de Daniel Brühl durante a evolução da trama, vai tendo dúvidas a respeito da forma como esta informação está sendo exposta.

Voltamos ao antigo e eterno: OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS ? Fico com minha convicção de que esta duvida é falsa. A resposta a falsa questão é NUNCA ! Aí me volta a cena final de JULGAMENTO DE NUREMBERG (Judgment at Nuremberg, 1961) quando SPENCER TRACY em um dialogo com BURT LANCASTER diz: ‘ … a justiça perde o sentido quando morre o primeiro inocente em decorrência da sua busca … ‘.

Olhando para o aspecto tecnológico o filme se mostra fiel a realidade. Com os espelhamentos de servidores através da EUROPA, com a desmistificação da segurança absoluta. Pois todos os documentos mostram claramente o que KEVIN MITNICK já havia dito em seu livro: ‘ … as maiores falhas de segurança sempre geradas pelas pessoas de dentro das organização …‘.

O filme se propõe a contar uma história e nós espectadores que julgamos os acontecimentos, importante salientar baseado dois livros sobre os acontecimentos, um do personagem de Daniel Brühl. Obrigatório para compreensão de nossos dias.

 O Quinto Poder

Ficha Técnica no IMDB. Cotação em 28/12/2014: 6,1.

Se gostou curta e siga

Sobre marcelo

Veja também

Eles não querem pensar

Todo homem tem um ponto forte, alguma coisa que sabe fazer melhor que qualquer outra …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial