Vivemos na era da informação

Vivemos na ERA DA INFORMAÇÃO isto é um fato, mas permitam que humildemente discorde de muitos quanto ao inicio desta era. Vou ao Wikipédia e encontro ERA DA INFORMAÇÃO, que seria os tempos atuais (contemporâneo) teria se iniciado no século XX , logo após o fim da chamada ERA INDUSTRIAL. Bem segundo muitos, não apenas o Wikipédia, a ERA DA INFORMAÇÃO se caracteriza pelo alto valor adquirido sobre o conhecimento  (informação).

Agora vamos examinar com calma esta conclusão, quer dizer que durante a ERA INDUSTRIAL, a informação (conhecimento) não tinha importância, faço a seguinte pergunta. Seria possível criar uma industria sem conhecimento ? Claro que não, pode parecer simples como os adeptos de KARL MARX diriam, basta dinheiro. Dinheiro é uma ferramenta, sem conhecimento é completamente incapaz de produzir o que quer que seja. Se não concorda comigo observe, na mídia de tempos em tempos são feitas reportagens sobre ganhadores de loterias que se encontram na mais completa miséria. Portanto ter somente o dinheiro não é o suficiente para produzir riqueza ou outra coisa qualquer.  Para um industria produzir são necessários de conhecimentos, normalmente adquiridos por engenheiros e técnicos para construir, aprimorar e manter as maquinas que geraram a produção em massa. O dinheiro é obvio que como qualquer ferramenta na mão de quem sabe usar pode ser um instrumento facilitador. Portanto chegamos a conclusão que na chamada ERA INDUSTRIAL, informação (conhecimento) também era item de primeiríssima necessidade.

Voltemos mais um pouco no passado a ERA DOS DESCOBRIMENTOS, onde entre os séculos XV e XVII, se descobriram novas terras em face de buscas a novas rotas de comercio. Porém vamos examinar com calma esta informação, os descobrimentos ocorreram em função da abertura de novas rotas comerciais, porém por quem ? Por qualquer um, não por pessoas que dominavam técnicas de navegação e portanto passaram a ser chamadas de navegadores. Veja a importância do conhecimento, novamente as expedições exploratórias necessitavam de dinheiro para existir, mas novamente ter apenas o dinheiro sem o conhecimento não adiantaria de nada. Veja Cristóvão Colombo era italiano e guiou uma expedição espanhola na descoberta do novo mundo, se somente o dinheiro bastava, porque se fosse teriam sido guiados por um espanhol. Simples era necessário informação (conhecimento). Nesta época vale salientar a ESCOLA DE SAGRES, onde se distribuiu informação (conhecimento) para toda uma serie de navegadores entre eles, o próprio Cristóvão Colombo, Vasco da Gama entre outros. Novamente somos obrigados a concluir que na chamada ERA DOS DESCOBRIMENTOS, informação (conhecimento) também era item de primeiríssima necessidade.

E o que dizer sobre o conhecimento na antiguidade, na  IDADE DO BRONZE e a IDADE DO FERRO, ou como alguns historiadores preferem a IDADE DOS METAIS. Todas com a característica do uso do metal difundido, graças ao conhecimento (informação) sobre a sua manipulação. Onde novamente são muito valorizadas as pessoas que possuem conhecimento tanto para fundição  de metais, quanto a sua manipulação para os mais diversos usos, como armas (espadas, pontas de flechas ou lanças, entre outros), ou objetos de uso cotidiano (como cálices, jarras, colares, anéis, etc).

mundo-nas-nossas-maos

Que sempre quem dominou o conhecimento (informação) sobre itens de interesse da humanidade sempre esteve valorizado e têm o mundo em suas mãos. O que me leva a humilde conclusão de que vivemos sim na ERA DA INFORMAÇÃO, que teve seu principio quando o primeiro ser HUMANO ficou ereto.

 

 

Adware e a lentidão na navegação

Ao navegar em sites, alguns com boa intenção e outros não tão boa assim, utilizam instalam recursos de ADWARE sejam simples cookies ou outras alternativas como barras de auxilio. Todos estes recursos fazem em maior ou menor grau registrar sua movimentação na INTERNET para buscar algoritmos de interesses seus de forma a exibir propagandas (ADVERTISING) tentando seduzi-lo a comprar com seus anunciantes.
Bem mais e aí, obvio que tudo isto gera demora em sua navegação. Em alguns casos extremos muita demora. Bem seus problemas acabaram a equipe da CGT com base francesa, disponibiliza gratuitamente um aplicativo o ADWCLEANER, que realiza um varredura em Adware’s conhecidos e também provem um mecanismo de limpeza.
O aplicativo realmente funciona !! Em alguns casos a navegação melhora muito. Acompanhe abaixo a como utilizar.

  • Usando AdwCleaner (1)
    Após download do aplicativo e executá-lo. Aparecerá está tela. Clique em SCAM
  • Usando AdwCleaner (2)
    Durante a execução do SCAN, observe a barra de atualização.
  • Usando AdwCleaner (3)
    Terminado o SCAN ele mostrar os resultados da procura, nas abas segundo as categorias abaixo. Clique em CLEANNING para elimar os problemas
  • Usando AdwCleaner (4)
    Terminada a limpeza (CLEANNING) tela de dialogo, e após ser clicado aparecerá outra tela de dialogo, e apos novo CLIQUE o computador irá dar REBOOT
  • Usando AdwCleaner (5)
    Após o REBOOT aparecerá um log das ações realizadas. E sua navegação voltará ao normal

O LINK PARA BAIXAR A APLICAÇÃO É https://toolslib.net/downloads/viewdownload/1-adwcleaner/

120 dias com AVG FREE

Em outubro 2014, tive problemas de infecção por vírus, em evidente falha no anti-vírus MICROSOFT. Depois de removido a praga, começa uma odisseia,
qual anti-vírus utilizar, já que apesar de todos os cuidados que eu (o usuário) tomo fui infectado. Continuar com o MICROSOFT ESSENCIAL SECURITY, não parecia uma boa ideia.

Começo um pesquisa na INTERNET e concluo pelo uso de um velho conhecido o AVG, no caso faria uma avaliação da versão FREE (AVG 2014 FREE), para no momento oportuno evoluir para uma versão paga e de segurança mais apropriada.
Sem dificuldade de instalação começo seu uso. Logo na primeira semana me deparo com um problema que me assombraria durante todo o período (120 DIAS). Meu notebook é um LG A510 com PROCESSADOR INTEL I7 e placa de vídeo dedicada GEFORCE de 2 Gigabytes. Em alguns momentos em especial com o THUNDERBIRD (leitor de emails da fundação MOZILLA) aberto entre outras aplicações, percebe-se o aquecimento do equipamento gerando a aceleração do COOLER, e pior caso não seja diminuído o ritmo de processamento, o equipamento se auto desligava em um mecanismo de proteção contra o super-aquecimento.

Tentei ao longo do tempo realizar um diagnóstico mais preciso, porém na semana passada (fevereiro 2015) tornou-se insuportável, ocorriam três as vezes quatro desligamentos diários como reflexo do superaquecimento. Então desinstalei o dito cujo, e numa atitude corajosa, passei uma semana sem nenhum anti-vírus, resultado nenhum (ZERO) desligamento, portanto jogando por terra qualquer tentativa de relacionar o problema ao HARDWARE.

Durante o tempo em que utilizei, inclusive no principio deste ano substituindo a versão FREE de 2014 para 2015 na esperança da solução do problema, ele funcionou na sua função corretamente, acredito que seu uso em um equipamento de mesa (DESKTOP), que possui uma condição de resfriamento avantajada em relação a um portátil (NOTEBOOK) o problema provavelmente não ocorra. O certo que ao contrario do MICROSOFT ESSENCIAL SECURITY, o AVG FREE 2014/2015 foi removido não em função de um fracasso na sua função essencial (proteger o equipamento contra vírus) e sim por um outro tipo de problema, que pode sim ter alguma componente com relação a configuração do HARDWARE.

Inicio agora uma nova etapa, utilizando agora para testes o PANDA FREE.

O quinto PODER

Tive o cuidado de assistir duas vezes e refletir antes de escrever este POST. Não queria de forma alguma escrever com o fígado, nunca foi o objetivo, apesar de reconhecer em alguns casos não tive sucesso. O filme retrata uma parte da história do WIKILEAKS, e dois dos seus principais colaboradores. Primeiro obvio o criador JULIAN ASSANGE, interpretado pelo ótimo Benedict Cumbertbatch (Star Trek – Além da Escuridão, Sherlock Holmes, etc) e o surpreendente Daniel Brühl (Bastardos Inglórios e Rush no limite da emoção) como seu primeiro e principal colaborador.
Uma excelente produção e um ritmo bem dosado garantem uma acompanhamento de fatos durante os últimos anos, alguns que você acompanhou e outros que talvez não tenha acompanhado, em uma cruzada pelo transparência das informações. O lema poderia ser sintetizado em ‘ Informações para as massas’, talvez com um viés ao qual não tenho muita simpatia. O personagem central, brilhantemente interpretado, tenta nos convencer de sua condição messiânica, mas em vários momentos fica premente sua fanfarronice.
Não que a luta em si não seja importante. Afinal de contas se nós sociedade temos os governos para nos servir até que ponto eles podem esconder algo de nós. Acredito que este seja no fundo a discussão. Se como dizem os governos são eleitos para servir a nós sociedade, teriam eles (governo) nossos empregados direito de nos esconder o que quer que fosse. Acredito firmemente que não !
Mas o personagem de Daniel Brühl, durante a evolução da trama vai tendo dúvidas a respeito da forma como esta informação está sendo exposta. Voltamos ao antigo e eterno, OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS ? Fico com minha convicção de que esta duvida é falsa, a resposta a falsa questão é NUNCA ! Aí me volta a cena final de JULGAMENTO DE NUREMBERG quando SPENCER TRACY em um dialogo com BURT LANCASTER diz: ‘ … a justiça perde o sentido quando morre o primeiro inocente em decorrência da sua busca … ‘.
Olhando para o aspecto tecnológico o filme se mostra fiel a realidade, com os espelhamentos de servidores através da EUROPA, com a desmistificação da segurança absoluta, pois todos os documentos mostram claramente o que KEVIN MITNICK já havia dito em seu livro: ‘ … as maiores falhas de segurança sempre geradas pelas pessoas de dentro das organização …’.
O filme se propõe a contar uma história e nós espectadores que julgamos os acontecimentos, importante salientar baseado dois livros sobre os acontecimentos, um do personagem de Daniel Brühl. Obrigatório para compreensão de nossos dias.

Ficha Técnica no IMDB. Cotação em 28/12/2014: 6,1.